Eu por eu mesma, Monografia

O inevitável

Tentei fugir dela. Disfarçar. Contei até com ajuda da gripe A (quem diria…). Mas não teve jeito, ela chegou.
Não dá para dizer que foi sem avisar. Eu fui comunicada há 3 anos e meio. Porém, a informação foi subitamente ignorada durante tal período. Agora não dá mais para fazer de conta que ela não está aqui.
Pois bem, a monografia chegou. E para passar um tempo. Quatro meses, para ser exata. Vai embora antes do Natal. Uma pena, queria que ficasse para as festividades.
Terça-feira começa meu último semestre de graduação na Famecos (pretendo voltar em breve para uma pós, enfim, planos…). Estou um tantinho nervosa. Vai ser corrido, conciliar trabalho-monografia-disciplinas-francês-esef. But… Vamos lá.
Boa sorte para mim. Quem der apoio moral tem grandes chances de ser convidado para a formatura dia 29 de janeiro!

OBS.: Entende-se por apoio moral qualquer manifestação de carinho em momentos de crise-pânico-choro-desespero. Digitar citações de livros também seria interessante. Além disso, visitas repentinas com comidinhas e bebidinhas para aliviar o estresse são bem-vindas.

Anúncios