AMO!, Bye Brazil, Londres, Meu Porto Alegre, Saudades de Venâncio, tempo

2 meses

Quando menos se espera tudo acaba.
Quando a noite completa o mundo desaba.

Só mais 2 meses pra sentir o cheiro de Venâncio, abraçar a Rafa até o corpo cansar, correr até a Preta, ouvir a mãe gritar, mostrar para o Caio as fotos da viagem, receber um abraço doído de mágoa do pai, cheirar a nega-maluca da vó Ica, contar sobre os lugares que conheci pro vô Adão, entregar os presentes do Arthurzinho, me encaixar nos braços da vó Tila, jogar conversa fora com a tia Bi, sair com o Muca e a Grê, fazer nada com a Édina, a Laura W. e a Di, beber com a Laura S. e com a Camila, ir pro Beco com o Marcus e Cia., jantar e fofocar com a Aline R. e com a Raquel, visitar a Radioweb, tomar café na Famecos. Só mais 2 meses…

Anúncios
Cidade em tópicos, Jornalismo, Londres

A cidade em tópicos – Parte IV

* JORNAIS E REVISTAS

A variedade de jornais e revistas em Londres é impressionante. Curioso também é que boa parte é distribuída de graça nas ruas e nas estações de metrô e de trem. Além disso, os jornais que são pagos custam cerca de 25 pences, o que não chega a 1 real com a cotação atual.
Outro detalhe interessante é que a população tem um hábito de leitura muito forte. Principalmente quando começa a circular o Metro e o London Evening Standard, respectivamente no início da manhã e no fim da tarde, esta característica fica evidente. Cada um pega o seu jornal e aproveita o tempo no transporte público para ficar atualizado sobre o que acontece na Inglaterra e no mundo.
Muitas revistas também são gratuitas. Geralmente elas são segmentadas, por exemplo: de esportes, moda, voltada para o público feminino ou masculino.
Por último, vale destacar o sistema de “leia e passe adiante” (projeto que a Fac. de Comunicação Social da PUCRS tentou organizar, mas que não funcionou). Cada um lê a publicação escolhida e quando vai embora do metrô ou do trem a deixa no banco. Assim, outro passageiro pode aproveitar e dar uma olhadinha também 😉

Veja também a parte I – Transporte.

Veja também a parte II – Alimentação.

Veja também a parte III – Clima.

Veja também a parte V – As mídias brasileiras.

Veja também a parte VI – A vida em casa de estudante/ dividindo casa ou flat.

AMO!, Blush, Bye Brazil, Eu por eu mesma, Just me, Londres, Observações

Blush*

Amizade é algo engraçado. Foge das definições. Não percorre os limites.
Eu achava que os grandes amigos da minha vida já estavam escolhidos. Que seriam os mesmos, sempre lá guardadinhos na minha estante. Aqueles de Venâncio, de longa data, do colégio, da infância. Afinal, assim seria até mais prático. Já conhecia todos os defeitos, sabia o que esperar ou o que não esperar de cada um. Tinha manual de instruções para rápidas consultas.
Contudo, a história teve outro rumo. Na faculdade conheci as mimosas que hoje considero eternas. As Blush girls que me conquistaram.
O Blush “nasceu” na Radiofam, rádio da Famecos. A ideia era um programa informal, de bate papo entre meninas. Mas a coisa foi crescendo. Não o programa, mas a amizade entre as ladies que sentavam duas vezes por semana no estúdio para lançar altas teorias sobre tudo que era assunto.
E o nome para o grupinho ficou, mesmo depois da gente abandonar a Radiofam.
Agora deixamos também a Famecos, mas o que existe entre nós de jeito nenhum!

*

A Giulinha Beauty sempre foi a figura que só quem conhece sabe. Uma madame de primeira catiguria! A oncinha girl em pessoa.
A Bruka é um agito só. Total alto astral, bom humor. Ela sabe que comigo a regra é mais e nunca se engana no que esperar de mim.
A Jú sempre foi louca, alienada, esquecida. Ela que alimentou na gente #Londonfeelings. Agora estamos de malas prontas para ir encontrar a maluca pelo mundo.
A Paula é quase o meu oposto. O que tenho de doida ela tem de moderada. Contida. Chega a ser tímida. Apesar disso, é uma pessoa de personalidade forte, virtudes marcantes. E é quem vai ter que me balancear na viagem. Segurar as pontas…

*

Ontem tivemos um encontro Blush. Reduzido, apenas eu, Bruka e Paula. Giulia está em Erechim, nos enchendo de orgulho. Jú está aprontando em Londres.

*

Tá. Tudo isso é para dizer que eu amo cada uma dessas criaturas. Giulia, brilha muito aqui. Bruka, vamos esperar a tua visita. Jú e Paula, Londres é nossa!

*





AMO!

Chororô!

Lágrimas vão rolar! Certamente… muitas e muitas. O preview foi hoje na missa. O Fábian arrancou choro dos mais descrentes que estavam na Igreja da PUCRS. No seu discurso falou em 3 pilares: Deus, amor e felicidade. Sinto-me completa, pois carrego estes valores comigo onde vou.
Amanhã é O dia, ou melhor, A noite! Muito feliz de compartilhar minha realização com a família, amigos, colegas.
Obrigada, obrigada, obrigada!
Queridos, amo vocês! Abracem-me apertado e que venha a formatura!

AMO!, Eu por eu mesma, Jornalismo, Monografia

Já era!

Depois de…

101 dias de pensamento na mono

150 horas sentada no cantinho maldito do sofá com o note no colo

29 livros/mestrados/doutorados lidos

78 páginas de trabalho

21.343 palavras

114.809 caracteres sem espaço

135.206 caracteres com espaço

3.464 linhas

37 surtos psicóticos

2 quilos

42 ligações de “eu odeio a ABNT”

29 ligações de “eu vou me matar”

1 pen drive quebrado e colado com durex

1 tombo do computador

770 folhas de ofício gastas com correções e impressões finais

50 reais em impressões, capas especiais e encadernações

 

EU TERMINEI A MONOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO!!!!!!! =)))))

Eu sabia que existia vida após a mono, mas não imaginava que seria tão maravilhosa!!!!!