Sem-categoria

A arte de observar

Nunca teria parado para pensar que uma janela poderia ser a maior fascinação em minhas manhãs. Tive que ler um livro chamado “Janela de Esquina” e foi só depois que percebi que era genial. Na verdade é isso. Quando foi que parei para pensar em simples ações? São exatamente essas que estão cheias de sentimentos reais, e que ainda, são impagáveis, tanto de valor ou na memória. O fato de parar um pouco o que se está fazendo e olhar para a janela, quanto abrir o caderno e ver os trabalhos com rabiscos, faz a diferença. E sabe o por quê? Porque olhando pela janela imaginamos o que pode estar acontecendo na rotina das pessoas ou perceber detalhes de uma igreja, por exemplo. O estranho é que todos os dias passamos pela tal igreja, mas são poucos que percebem sua estrutura. A brisa da janela refresca nossas mentes. O caderno com rabiscos é um “desenho” de uma flor que meu sobrinho fez, e ainda foi feito com muito amor, segundo ele, representa a tia. É preciso adquirir valores em simples gestos, porque essa é a receita para uma vida melhor, é justamente isso que no final vai ser como um prêmio. Poucos sabem, mas esses simples gestos não estão em falta, pelo contrário, estamos ocupados demais para perceber.

aniver_vitor  (59) (1)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s