É isso mesmo. Não tem como ser diferente. Ontem eu me dei conta.
Tesão é a melhor palavra para descrever a minha empolgação atual no jornalismo. A correria, o mágico ao vivo, a experiência. E para finalizar: o reconhecimento.
A Record fez uma grande cobertura da ocorrência envolvendo o presidente da Corsan. Um homem e uma mulher armados renderam Mário Freitas no prédio do Banrisul, no centro de Porto Alegre. Quase três horas de movimentação até o desfecho bem-sucedido.
Fomos a única emissora de TV aberta que acompanhou ao vivo a finalização do caso. André Haar fez um excelente trabalho direto da Caldas Júnior. Marcus Reis e Marcelo Chemale também estavam no local. Toda equipe técnica e do jornalismo merece parabéns, valeu a correria, gente!

Orgulho de fazer parte desse time!
E o fantástico professor Fábian tem razão: nós escolhemos a melhor profissão do mundo!

* Destaque para o post do Thales.
** Blog com tags agora!

Anúncios